São Paulo F.C



Concentrados e com o pensamento na Libertadores

No CT da Barra Funda, jogadores se uniram ainda mais para o confronto contra o Atlético-MG

Denilson_carleto_sinuca

Por Site Oficial / saopaulofc.net

Desde a manhã da última segunda-feira, dia 15, os jogadores do São Paulo estão concentrados no CT da Barra Funda para o duelo contra o Atlético-MG. E até a hora do jogo, na noite dessa quarta-feira, às 22h, o elenco tricolor terá acumulado 60 horas focado na rodada de encerramento da primeira fase da Libertadores da América.

Entre treinos e palestras do técnico Ney Franco, os atletas conversam sobre o jogo e analisam o adversário. "Falamos muito sobre partida. Tentamos imaginar o que pode acontecer, mas o mais importante é que nesse tempo todo estamos juntos", destacou o lateral-esquerdo Carleto. "Tem horas que precisamos descontrair um pouco (risos)", confessou o atleta.

Entre uma atividade e outra, os jogadores descansam nos quartos, ouvem música e assistem a filmes. "Não é o meu caso, mas alguns gostam de videogame. Na verdade, prefiro jogar sinuca", disse o meio-campista Denilson, que aproveitou o intervalo entre um treino e outro para desafiar Carleto. "É bom para tirar um pouco a ansiedade do jogo", completou.

Já o zagueiro Edson Silva não vê a hora de poder acompanhar a festa que a torcida tricolor promete fazer nas arquibancadas. "Fico imaginando o Morumbi lotado, a torcida daquele jeito e nos empurrando. Dá até um frio na barriga", revelou o defensor.

Vale lembrar que para ficar com a vaga, o São Paulo precisa bater os mineiros e torcer por um tropeço do The Strongest-BOL, que encara o Arsenal de Sarandí, na Argentina. Em caso de empate entre argentinos e bolivianos, uma vitória tricolor com mais de dois gols de diferença classifica o São Paulo. No entanto, se o Tricolor vencer por 2 a 1 e o outro jogo da chave terminar empatado, em 1 a 1, a classificação será definida por sorteio na CONMEBOL.