São Paulo F.C



Paulo Henrique Ganso é do São Paulo

Vontade do jogador e esforço da diretoria são-paulina prevaleceram na negociação

PHG 1.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Enfim, Paulo Henrique Ganso é do São Paulo. O jovem, talentoso e já consagrado jogador assinou na noite de hoje um contrato de cinco anos com o Tricolor.

A enorme vontade do jogador e o esforço do clube prevaleceram na longa e intensa negociação com o Santos. Com apenas 22 anos e com cinco títulos expressivos na carreira - Campeão da Libertadores, da Copa do Brasil, e tri paulista - o craque paraense vestirá a camisa 8 do São Paulo.

Ganso foi fundamental para um desfecho tricolor. Nem mesmo o interesse de outros clubes do país com propostas financeiras mais vantajosas convenceu o craque, que a todo instante bradava pelo seu objetivo: jogar no São Paulo.

"Estou muito feliz. Uma alegria enorme. Um desejo realizado. Desde que o São Paulo mostrou interesse em me contratar, minha disposição era acertar logo. Agradeço o interesse dos outros clubes, mas o São Paulo mexeu comigo. Agora que deu tudo certo, não vejo a hora retribuir todo esse esforço da diretoria dentro de campo e representar bem a nação tricolor", afirmou Ganso.

Apesar da longa negociação, Paulo Henrique nunca desistiu do sonho de jogar no São Paulo.

"Em determinado momento da negociação fiquei preocupado de tão cansativa que ela estava, mas nunca desisti. Foi tudo feito de forma consciente e da maneira correta e hoje posso dizer que estou muito feliz por acertar com o São Paulo", ressaltou o jogador, que só foi elogios ao São Paulo Futebol Clube.

"O que mais pesou foi o histórico do clube, com sua história de grandeza, conquistas e ídolos. Muitas pessoas conversaram comigo, como o Pita (ex-meia de São Paulo e Santos), que mostrou como foi importante o São Paulo na carreira dele", completou o novo camisa 8.

O presidente Juvenal Juvêncio celebrou o desfecho. "É jovem, talentoso e com o nosso perfil. Mais uma vez o São Paulo mostrou força em fazer parte de uma negociação de grande relevância no futebol brasileiro, assim como foram as vendas de Lucas e Oscar e a contratação de Luis Fabiano", ressaltou o presidente.

Responsável direto pela negociação, o diretor de futebol do clube, Adalberto Baptista, ressaltou à importância de Ganso para o final feliz do acordo.

"O Ganso demonstrou durante toda negociação uma vontade enorme em defender o São Paulo, abriu mão de coisas grandes e foi firme no seu desejo. Se não fosse a vontade dele, teríamos desistido. Mas conforme fomos convivendo, dialogando, nosso interesse aumentou. Cada vez ficamos mais convencidos que era o jogador certo e que tem o perfil do São Paulo. Sua vontade foi determinante e hoje nossa alegria em tê-lo conosco é incomensurável. Nossa equipe vai ganhar muito com sua chegada", disse Adalberto.

  • Trajetória

Natural de Ananindeua, Ganso deu os primeiros chutes na bola ainda no Pará. Foi no ginásio do Tuna Luso que o craque mostrou que sua canhota seria um diferencial.  Com pouca idade, mas muito futebol, o menino desfilava sua habilidade nos campos de terra da região em peladas com os amigos.

Não demorou muito para o talento nato de Paulo Henrique chamar atenção no Brasil inteiro. Em 2005, com indicação do santista Giovanni, ele chegou ao Santos ainda nas categorias de base do clube. Lá, o meia já deu provas de que seria um verdadeiro campeão. Conquistou o bicampeonato paulista com a equipe Sub-20 - 2007 e 2008.

Em 2008, a promoção para o elenco profissional do Santos. Com extrema habilidade na perna esquerda e uma visão de jogo fora do comum, Ganso foi se firmando aos poucos na equipe alvinegra. O ano de 2010 chegou e com ele trouxe à tona o novo maestro da Vila Belmiro.

Com a camisa 10, Paulo Henrique foi o grande cérebro daquela equipe que conquistou o Campeonato Paulista e Copa do Brasil. Nas temporadas seguintes, o meia seguiu exibindo sua maestria por onde passava. Em 2011, o título da Libertadores, com uma grande recuperação santista, coroou o jogador de 21 anos.

Ganso chegou a ser convocado para a Copa do Mundo de 2012, mas ficou na lista de espera. Mesmo com o grande apelo popular na época, ele ficou fora da competição na África do Sul. Pela Seleção Brasileira, além de diversos amistosos, ele disputou a Copa América de 2011 e foi medalha de prata na Olimpíada de Londres, neste ano.

  • Apresentação

Paulo Henrique Ganso deverá ser apresentado oficialmente no próximo domingo no Estádio do Morumbi antes da partida contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Currículo

Posição: Meia

Nome: Paulo Henrique Chagas de Lima

Natural de: Ananindeua (PA)

Nascimento: 12/10/1989

Altura: 1,84

Peso: 78Kg

Clubes: Santos FC (161 jogos e 36 gols)

Títulos:

Santos

Bicampeonato Paulista Sub-20: 2007/2008

Campeonato Paulista 2010, 2011 e 2012

Copa do Brasil: 2010

Copa Libertadores de America: 2011

Vice-campeão do Mundial Interclubes da FIFA no Japão: 2011

Seleção Brasileira

Vice-campeão Mundial Sub-20: 2009

Medalha de prata na Olimpíada de Londres: 2012

Prêmios individuais

Melhor meia-esquerda do Campeonato Paulista 2010

Melhor jogador da Copa do Brasil 2010

Melhor meia-esquerda do Campeonato Paulista 2012